Pesquisa sobre a polivalência da mão de obra em construtoras brasileiras.


Sobre este questionário



[Carpinteiro, um dos operários da construção, dentre vários ofícios – Imagem: 272447/Pixabay]


Meu nome é Gabriel Camargo e faço parte do Grupo Gestão da Construção (GESTCON), situado no Departamento de Engenharia Civil da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina). Este rápido questionário tem como objetivo coletar informações sobre o uso da polivalência da mão de obra em construtoras de residenciais multifamiliares brasileiras. 

Operário polivalente é aquele capaz de realizar tarefas de diferentes ofícios dentro de um mesmo empreendimento. Como exemplos podemos citar o operário capaz de trabalhar com alvenarias e de fazer as instalações hidráulicas, bem como aquele capaz de montar as formas (carpintaria) e também fazer as instalações elétricas. Em contrapartida, o operário especialista apenas trabalha realizando tarefas envolvendo o mesmo ofício (assentamento de blocos e revestimento argamassado, por exemplo).

Mão de obra terceirizada é aquela de serviços inteiramente feitos por outra empresa - como instalador de ar condicionado, gesseiro e montador de elevadores, por exemplo. Mão de obra subcontratada é aquela fornecida por outra empresa, cujo material é fornecido pela empresa responsável pela construção, que gerencia o empreendimento - como serventes, pedreiros, carpinteiros, azulejistas e outros. Nas perguntas abaixo, quer-se saber sobre a mão de obra subcontratada.

As informações coletadas por meio desse questionário serão utilizadas apenas para fins acadêmicos. Nenhuma informação será vinculada às empresas participantes.

Caso desejar, retornarei a você os resultados. Para isso, informe seu e-mail no local apropriado.
.

Desde já muito obrigado!
Grupo Gestão da Construção
[Membros: Gabriel Camargo / João Paulo Abreu]

Encerramos esse questionário em 30 de setembro de 2020. Muito obrigado a todos os respondentes e, em breve, publicaremos os resultados da pesquisa.



0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário a seguir. Grato pela visita.