Recomendações para a implementação da interoperabilidade entre SINAPI e normas da série NBR 15965

 

Olhe só a falta de interoperabilidade
[Dois sistemas não interoperáveis – Imagem: MoteOo/Pixabay]



 

Resumo

 

A intercambialidade das informações é um dos requisitos para a digitalização da informação. Nas obras públicas brasileiras, a digitalização passa pela integração do orçamento, estruturado a partir do Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (SINAPI), com o Building Information Model (BIM). A norma NBR 15965 - Sistema de Classificação da Informação da Construção - possui estrutura diferente do SINAPI, dificultando a interoperabilidade. O objetivo desta pesquisa é propor recomendações para essa integração. Para tanto, analisou-se o caso da composição 92722 e sua vinculação com os códigos da norma. Dos 45 códigos da NBR 15965, necessários para caracterização do serviço, 12 estão nas tabelas publicadas “0P”, “1F” e “5I”; 19 poderiam estar nas tabelas já publicadas “0M”, “0P”, “1S” e “5I” e 11 poderiam ser considerados nas futuras tabelas “2Q”, “2N”, “3R”, “3E” e “4A”. Como recomendações, sugere-se: associar propriedades (tempo, custo, consumos) aos coeficientes das composições do SINAPI e inserir insumos, propriedades de materiais e critérios condicionantes para a seleção de um serviço na norma. A principal contribuição é a identificação dos atributos faltantes no SINAPI e na NBR 15965, configurando uma primeira iniciativa para a integração entre ambos.

 

Palavras-chave: Interoperabilidade; BIM; Custo; Orçamento; SINAPI; NBR 15965.

 

Abstract

 

Data interchangeability is a requirement of information digitalization. The digitization of information in Brazilian public works involves cost structure integration between the National System of Investigation of Costs and Indices of Civil Construction (SINAPI)) with the Building Information Model (BIM). The standard NBR 15965 - Construction Information Classification System has a different structure than SINAPI: this characteristic hinders interoperability. The aim of this research study is to make recommendations for the integration between the two systems. For this purpose, cost composition 92722 and its links with NBR 15965 codes were analyzed. From the forty-five codes in NBR 15965, necessary for the characterization of the service, twelve are on the published tables “0P”, “1F” and “5I”; nineteen already could be in the published tables “0M”, “0P”, “1S” and “5I” and eleven codes could be considered for future tables (“2Q”, “2N”, “3R”, “3E” and “4A”). The recommendations made by this study are as follows: to associate properties (time, cost, material consumption) to the cost composition coefficients and include materials, materials’ properties and the choice criteria for the selection of construction services. The main contribution of this paper is the identification of gaps in SINAPI’s attributes and in NBR 15965 standards, configuring the first initiative for their integration.

 

Keywords: Interoperability; BIM; Cost estimation; SINAPI; NBR 15965.

 

Mais detalhes

Download PDF: clique aqui.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu comentário a seguir. Grato pela visita.